domingo, agosto 28, 2005

Notícias Breves

  • Há ainda três esperanças portistas lesionadas. São eles Rául Meireles que, espera-se, estará já recuperado dentro de dias; Bosingwa, que terá de esperar mais algum tempo para regressar e ainda Bruno Moraes que se lesionou na temporada transacta. No entanto o brasileiro esteve ontem no relvado do Olival acompanhado do membro do departamento médico António Dias que tem vindo a fazer exercícios para fortalecer o joelho esquerdo.
  • Enquanto uns estão mal, há outros que estão bem. Hugo Almeida, em declarações ao jornal «O Jogo» disse: "Estou muito satisfeito por ter jogado e marcado. Vendo bem, este foi o golo da vitória, o que é o mais importante, porque ajudei a equipa atingir o seu objectivo", sendo que "foi o meu primeiro golo em jogos oficiais pela equipa principal do FC Porto e logo aqui no estádio da Naval, uma casa memorável para mim, pois foi aqui que me formei". O jovem 39 portista referiu ainda: "Estou muito motivado. A concorrência é forte, o plantel tem grandes jogadores para todas as posições, mas o meu objectivo é continuar a trabalhar para, quando entrar ou jogar de início, fazer o meu melhor e poder ajudar a equipa a ganhar e lutar pelos seus objectivos".
  • Mas não foi só Hugo Almeida que falou aos jornalistas. Ricardo Quaresma, o novo 7 do FCPorto, conversou com o jornal «Record»: "Temos um plantel fabuloso e essa é a grande razão para eu ficar de fora. Numa grande equipa, com grandes objectivos e grandes jogadores, não podem jogar todos. Estou motivado para ajudar a equipa no que ela precisar. Hoje [no dia do jogo], consegui e daqui para a frente espero agarrar um lugar". O mágico disse ainda que "é sempre bom somar pontos contra estes adversários. Geralmente é nestes jogos que se perdem campeonatos e os seis pontos conquistados dão confiança."! Falando da Liga dos Campeões, o extremo azul e branco disse "Calhou-nos um grupo bastante acessível. Temos todas as possibilidades de ser apurados". Sobre o derby da próxima jornada entre os rivais de Lisboa, Quaresma salienta que "Isso não nos diz respeito. Ainda é muito cedo e só temos de ir ganhando, cumprindo a nossa obrigação". Por fim, disse à imprensa que "a forma em que estamos não tem nada a ver com o ano passado. A equipa está muito melhor".